Partituna em Ação Solidária

Saudações Académicas do Zé Mosquito!

Ora então cá estamos nós em mais um blog post da Partituna.
Desde logo gostaria de me desculpar pela ausência prolongada, mas estive de resguardo por causa deste covid que anda para aí a fazer estragos.

É certo que os especialistas dizem que este covid-19 não afeta animais, mas apenas ouvi falar de cães e gatos! Em momento algum ouvi falar que o vírus era inofensivo para mosquitos humanoides como eu.

Partituna em Ação Solidária 1

Mas o que importa é que agora as coisas parecem estar mais calmas, contudo todo o cuidado é pouco… Espero que não comecem a fazer as mesmas vergonhas que vos vejo a fazer em cantos escuros dos bares, em noites de festa académica!

Bem, vamos ao que interessa e ao assunto que me trouxe aqui para a frente dos vossos olhos.

Contra o Covid

Como já deve ser do vosso conhecimento, a Partituna criou uma ação solidária.
Esta iniciativa tem por objetivo angariar donativos em forma de plim plim para aquisição de equipamentos de proteção individual, que posteriormente será cedido ao um lar do concelho da Feira.

Não me vou alongar muito sobre este assunto, mas gostaria que soubesses que temos uma página do site especialmente dedicada a informar de como te podes juntar a esta nobre causa, e se quiseres realmente contribuir podes visitar a página de que te falo aqui.

O verdadeiro mentor

É verdade que somos um grupo isolado de marmanjos a tocar umas cenas, mas também é verdade que a união faz a força e por isso mesmo a nós se juntaram a Tesmaftunis, a Associação Académica e o próprio ISVOUGA.

Contudo, há que dar mérito à pessoa de quem partiu esta iniciativa, ação solidária, no 1º nível, e essa pessoa é o colega Jean-Louis Silva.

O Jean é um porreiraço e quis deixar algumas palavras de agradecimentos a todos que, de uma forma ou de outra, têm vindo a contribuir para que todos possamos atingir o objetivo a que se destina esta nobre iniciativa.

Partituna em Ação Solidária 2
Jean-Louis Silva

” Como tudo começou? Ora bem, isso posso contar-te.

Quando esta epidemia começou na China, acho que todos ficamos a pensar que não chegaria a nós…na verdade nunca tivemos memória de algo tão grave na nossa vivência, e ainda bem.No entanto, semana após semana a realidade mudou e começou a chegar à Europa….a matar milhares…mas ainda só vamos pela televisão, assistíamos como tantas outras “guerras” que infelizmente acontecem…só as vemos na tv.

O pior foi quando começamos a perceber que, aquilo que víamos na TV era igual ao que víamos da nossa janela de casa…e esta guerra entrou no nosso país, na nossa sociedade e em muitas das nossas casas.

Partituna em Ação Solidária 3
Estação televisiva SIC noticia o 1º caso Covid positivo em Portugal a 11.03.2020

Passamos a estar isolados e a pôr em causa toda a nossa essência, tudo aquilo que realmente importa e nos faz falta. Aquela visita aos nossos avós deixou de ser possível, a ida à praia so para acalmar o espírito, aquele convívio com amigos ou aquele abraço de alguém especial passou a ser proibido ou desaconselhado.

Mas houve um dia que me aconteceu algo que me envolveu por completo e me fez para o turbilhão de pensamentos próprios de quem está em confinamento. Houve um poema que me fez ver as coisas com outros olhos. Apesar da pessoa que o leu ser um humorista, até ele agora, falava sério agora para nos alertar que: há esperança e há solidariedade em nós.

As notícias mostravam que os velhinhos, que outrora lutaram pelo nosso País e cuidaram dos nossos pais…estavam a ser “esquecidos” nos lares porque tudo era direcionado para os hospitais.

Lembrei das atuações da minha Partituna quando íamos a um Lar animar a tarde. As atuações nessas instituições são sempre a título gratuito, mas na verdade, no final saíamos todos mais ricos daquele sitio porque fizemos o mundo deles um bocadinho mais alegre.

Assim nasce a minha ideia de juntar os meus amigos da tuna e semear a iniciativa que foi muito bem aceite e acolhida por todos. Preparou-se o site, o cartaz, os meio de angariação…depois convidei o ISVOUGA, a tuna feminina e a associação académica…depois os alunos do ISVOUGA, os professores, os colaboradores e quando demos conta o Ricardo Azevedo (grande musico feirense), o Sr. Vereador da Cultura (Gil Ferreira) e o Sr. Presidente da Câmara (Emídio Sousa) estavam todos a partilhar esta iniciativa e até saiu uma noticia no jornal Correio da Feira.

Partituna em Ação Solidária 4
Partituna no Centro Social do Souto em 2011

A esta altura já tinha lançado o desafio à minha tuna para elaborarmos um video com uma musica emblemática da Cidade que hoje já alcançou mais de 20.000 pessoas no Facebook e ultrapassou as 7.000 visualizações. Nessa música, juntamos as várias gerações de elementos da Partituna fizemos muitas lágrimas de saudade cair no rosto de muitas pessoas.

Deixo aqui o poema de Irene Vella no video que onde Rui Unas o interpretou.

Estas foram as palavras do colega e amigo Jean-Louis Silva. O mentor da iniciativa.
Se ficaste curioso quanto ao vídeo que a Partituna criou e do qual fala o Jean, deixamos-te aqui para que o possas ver ou rever, se for caso disso, no final deste blog post.

Espero voltar em breve, mas num registo menos sério, não fosse eu o Zé Mosquito.
Até breve pessoal!

Saudações Académicas.

Mascote da Partituna

Subscreve a nossa newsletter

Fica a par de todas as novidades e recebe conteúdos exclusivos.

This Post Has One Comment

  1. Pedro Mota

    Iniciativa excelente e que demonstra mais uma vez o espírito solidário da Partituna! 👏

Deixe uma resposta